25 de nov de 2014

VW 1600 1969 - Zé do Caixão.

     Faz algum tempo que não posto meus modelos pois coisas aconteceram na minha vida e me distanciaram das montagem.....Uma das coisas foi esta outra paixão : Antigomobilismo  
Comprei este Veículo e estou dedicando boa parte do meu tempo à restauração deste pedaço da História Automobilística Brasileira, um VW 1600 ano 1969....vulgo ZÉ DO CAIXÃO....  

A História.

Lançado no final de 1968, era um modelo exclusivo da Volkswagem Brasileira. O comercial de lançamento ressaltava a beleza do modelo, aliada a confiabilidade da mecânica VW.  Porém a beleza do modelo não foi percebida pelos consumidores. O veículo não tinha grande procura, apesar de ser TOP de linha, o primeiro Wolksvagem 4 portas, com o motor 1.6, freio a disco na dianteira....enfim, várias novidades para a época. Mas para piorar a situação ganhou o apelido de "Zé do Caixão"  devido à semelhança das suas maçanetas com alças de caixão.  A Volkswagem decidiu então lançar a versão "luxo do modelo", mas novamente não obteve sucesso. Dessa vez "esbarrou" com o lançamento do Corcel. O público optava pelo modelo recém lançado da Ford face aos atrativos como tecnologia e design. Em 1970 altera-se a frente, substituindo-se os dois faróis retangulares por dois conjuntos, cada um com dois faróis redondos. Mas em 1971, a Volkswagen optou por descontinuar a fabricação do modelo. Atualmente, principalmente pela pouca quantidade produzida - menos de 25 mil unidades - o veículo se tornou "peça rara", cobiçada por antigomobilistas e colecionadores por todo o Brasil.




Inspirado no Type3 Notchbak, a versão Tupiniquim ganhou 4 portas.


O primeiro da Série Type3.


 
 Seu estilo foi a base para o lançamento posterior da Perua Variant e do HatchBack TL


.

 O primeiro veículo VW com motor 1.6 e freio à Disco


 Esse é o MUG o boneco da Sorte lançado na década de 60.





 Essas versões do Mug foram feitas por mim, com ajuda das minhas cunhadas.....



 No primeiro Domingo do Mês tem Encontro de carros Antigos na Estação da Luz em SP.





 Espero que tenham gostado, e logo mais estarei postando novos trabalhos.
Abraços

Um comentário:

  1. Esse carro parece muito o que era do meu pai igualzinho pena que ele vendeu .
    Gostava muito

    ResponderExcluir